NESTE DOMINGO (5): Confira regras para uso de celulares e tablets no dia das eleições

Eleitor deve deixar aparelhos eletrônicos com mesário no ato da votação

Em tempos de selfie e redes sociais, o eleitor tem de ficar atento às regras da Justiça Eleitoral para o uso de celulares, smartphones e tablets no dia do pleito. De acordo com a assessoria do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), enquanto estiver votando, o eleitor deve deixar o aparelho em um móvel, próximo aos colaboradores responsáveis pela seção eleitoral.

“Os mesários e o presidente de mesa estão orientados a determinar que o eleitor deixe os equipamentos eletrônicos que portar com o mesário”, informou a assessoria do TSE à Agência Brasil.

A legislação eleitoral proíbe o eleitor de “portar aparelho de telefonia celular, máquinas fotográficas, filmadoras, equipamento de radiocomunicação, ou qualquer instrumento que possa comprometer o sigilo do voto”.

Ainda segundo a Justiça Eleitoral, o sigilo do voto também abrange ambientes virtuais e redes sociais, ou seja, é proibido publicar imagens ou fotos do voto e quem fizer isso pode sofrer sanções. Segundo o TSE, não haverá revista de eleitores, mas as pessoas que desrespeitarem a legislação estão sujeitas a até dois anos de detenção.

Para o pesquisador de ciência e tecnologia do departamento de sociologia da Universidade de Brasília (UnB) Marcello Barra, apesar do intenso ativismo de eleitores nas redes sociais, quem busca burlar a legislação presta um desserviço à nação. “A conquista do voto secreto é uma garantia da democracia. Qualquer meio que burle esse direito é um atentado à democracia”, resumiu.

Segundo ele, o caráter sigiloso impede que as pessoas fiquem vulneráveis ao assédio para mudança de voto. “A pessoa acha que está ajudando a militância, que está motivando outros a votar, mas, na verdade, ela está prejudicando o voto. O sigilo é uma garantia aos mais fracos”, completou.

Barra lembra que a popularização dos smartphones trouxe um incremento no número de pessoas que passaram a interagir na discussão política. Segundo o especialista, o uso da internet tem modificado a forma como as pessoas entendem e participam da vida política do país. “Eu venho acompanhando esse processo há muitos anos. Esses instrumentos estão se tornando cada vez mais importantes para a democracia. Cada um coloca a sua opinião de maneira direta, é cada vez mais democrático”, ponderou.

Segundo o TSE, caso os mesários flagrem algum eleitor fotografando o voto, a orientação é que o episódio seja registrado em ata, identificando o eleitor. Caberá ao juiz eleitoral comunicar o fato aoMinistério Público Eleitoral para instauração de inquérito.


Fonte:Agência Brasil

MUCAMBO-CE: Bancários aderem à greve nacional dos bancos

Agência bancária de Mucambo adere a greve
Os bancários do Ceará, reunidos em assembleia de caráter organizativo, na noite desta segunda-feira, 29/9, ratificaram a deliberação por greve por tempo indeterminado a partir das 00h00 de terça-feira, dia 30/9. Os bancários presentes à assembleia rejeitaram a nova proposta da Fenaban – que previa reajuste de 7,35% em todas as verbas e 8% sobre o piso.

Em Mucambo a principal agencia bancaria já aderiu ao movimento grevista na manhã desta terça-feira (30), Por isso a população deve ficar atenta quanto ao pagamento de suas contas. Casas lotéricas e postos dos Correios, integram os correspondentes bancários.

As contas de água, luz, telefone – com ou sem fatura; tributos municipais e estaduais; boletos de bancos; carnês com código de barras e Contribuição sindical são aceitos pelos correspondentes.

Os saques de dinheiro e benefícios com cartão magnético estão sujeitos ao limite de R$ 1 mil ou três transações diárias. Para os depósitos, as operações em conta corrente ou em conta poupança, seguem a mesma regra.

Uma nova assembléia será realizada na próxima quinta-feira, 2/10, às 17 horas, na sede do Banco Central, em Fortaleza, logo após uma manifestação em defesa de um BC independente do mercado financeiro e para protestar contra as proposta de independência do BC e defender o fortalecimento do papel dos bancos públicos.

O presidente do Sindicato, Carlos Eduardo Bezerra, convocou os bancários à fortalecer a greve. “É a hora de mostrarmos a nossa força e construirmos um movimento forte para garantir nossas conquistas. Os banqueiros só entendem a linguagem da pressão, da mobilização e da greve. Precisamos estar unidos para construir uma greve forte”, disse.

Bancários de todo o País param nesta terça-feira, dia 30 – A decisão seguiu orientação do Comando Nacional dos Bancários, coordenado pela Contraf-CUT, que considerou insuficiente a proposta dos bancos. Os seis maiores bancos lucraram R$ 28 bilhões no primeiro semestre deste ano, mas fizeram uma proposta que não valoriza os salários dos trabalhadores.

Além de proposta insuficiente, os bancos nada apresentaram para gerar empregos e acabar com a rotatividade, que reduz a massa salarial da categoria, muito menos para melhorar as condições de trabalho, como o fim das metas abusivas para a venda de produtos e combate ao assédio moral.

A deliberação da greve aconteceu na assembléia realizada no último dia 24/9, sendo ratificada na assembléia desta segunda-feira, dia 29/9, como resposta ao desrespeito com que os bancos vêm tratando a categoria nas mesas de negociação. Os bancários continuam abertos ao diálogo e qualquer nova proposta será apreciada na próxima assembléia dia 2/10.

* Com informações do Sindicato dos Bancários do Ceará

Mucambo em Questão

INTERIOR: 30 municípios sofrem racionamento de água

Segundo o diretor de operações da Cagece, Josineto Araújo, o motivo da medida é o aumento da temperatura, que faz com que as nascentes sequem. Além disso, ainda conforme ele, poços secaram por falta de recarga com água.
Já são 30 municípios no Ceará, daqueles dependentes do abastecimento pela Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece), que passam por situação de racionamento de água. São mais cinco cidades afetadas pelo problema, em relação ao início do mês de setembro.

A medida implantada pela companhia atinge as cidades de Ararendá, Baixio, Capistrano, Caridade, Catunda, Croatá, Farias Brito, Graça, Hidrolândia, Ipaumirim, Iracema, Irauçuba, Itatira, Martinópole, Mucambo, Mulungu, Novo Oriente, Pacoti, Pacujá, Palmácia, Parambu, Pentecoste, Potiretama, Quiterianópolis, São Luís do Curu, Senador Sá, Trairi, Ubaúna, Umari e Uruoca.

De acordo com Josineto Araújo, diretor de operações da Cagece, o motivo do racionamento nas diversas regiões do Ceará se dá pelo aumento da temperatura, que faz com que as nascentes sequem. "Os mananciais já começaram o ano com uma carga abaixo do normal e sabemos que, quanto maior o calor, maior a evaporação. Além disso, muitos poços secaram, porque não houve a recarga com água", expõe Josineto Araújo.

A principal medida adotada pela Cagece nos municípios afetados foi a organização de rodízios no abastecimento de água, fazendo com que, em cada localidade, áreas diferentes recebam o fluxo de água em dias diversos. "Como foi diminuída a oferta de água, nós divulgamos para a população esse abastecimento em dias alternados", comenta o diretor de operações da Cagece.

Prazos

Josineto Araújo não considera prazos para a duração do racionamento de água, pois afirma que cada cidade possui particularidades específicas em relação à escassez do recurso. Um outro ponto é que, à medida que o problema é resolvido em determinadas localidades, outros municípios também podem começar a sofrer com a falta de água.

Dessa forma, as tentativas de restabelecer o abastecimento normal também acontecem de formas diferentes em cada local. Irauçuba, por exemplo, está à espera do início das operações de uma adutora recém-construída. Segundo Josineto Araújo, tão logo o aparelho comece a transportar água, o município deverá sair da relação das cidades em racionamento.

O Açude Taquara está recebendo interferências durante esta semana para que água seja conduzida para o município de Mucambo. Uma adutora também é construída para abastecer os municípios de Baixio, Ipaumirim e Umari.

"São ações isoladas, cada cidade tem a sua específica. Estamos buscando pelo menos amenizar esse rodízio. Tudo isso vai melhorar o fornecimento de água para essas cidades. A própria Defesa Civil já está agindo naqueles municípios da zona rural que não são abastecidos pela Cagece", conta Josineto Araújo.



Ranniery Melo/ Diário do Nordeste

CNT/MDA: Em nova pesquisa, Dilma venceria Marina no 2º turno

Na nova pesquisa, Dilma venceria Marina Silva no segundo turno
(ARQUIVO)
A pesquisa encomendada pela CNT (Confederação Nacional dos Transportes)junto ao instituto MDA e divulgada nesta segunda-feira (29), mostra que a presidente Dilma Rousseff ampliou a vantagem que tinha em relação a Marina Silva no primeiro turno da corrida ao Palácio do Planalto.

Dilma subiu de 36% para 40,4% das intenções de voto. Marina oscilou de 27,4% a 25,2%, no limite da margem de erro na comparação para a sondagem divulgada no dia 23 de setembro. O candidato do PSDB, Aécio Neves, oscilou de 17,6% para 19,8%, também no limite da margem de erro (2,2 pontos porcentuais).

No principal cenário de disputa para segundo turno, Dilma venceria Marina por nove pontos de vantagem. A petista tem 47,7% contra 38,7% da candidata do PSB. No levantamento anterior, Dilma tinha 42% e Marina, 41%, em situação de empate técnico. Na disputa entre Dilma e Aécio, a presidente também ampliou a diferença e se reelegeria com 49,1% contra 36,8% do tucano. A petista tinha 45,5% contra 36,5% do tucano.

Segundo a CNT, foram entrevistados 2.002 pessoas, em 137 municípios de 25 unidades federativas das cinco regiões do País, nos dias 27 e 28 de setembro.

A margem da pesquisa de erro é de 2,2 pontos porcentuais para mais ou para menos. A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral sob o número BR-00992/2014.


Fonte: Agência Estado

Acidente na noite deste sábado mata garoto de 13 anos, no interior de Ipu


Segundo as primeiras informações, na noite deste sábado (27), um garoto, 13 anos, faleceu após ser atropelado por um veículo que, segundo as primeiras informações, não teria prestado socorro após colidir com o garoto que andava de bicicleta pela estrada na localidade de Santa Rosa, interior de Ipu.

Socorrido ao Hospital Municipal de Ipu, o garoto ainda chegou com vida, mas não resistiu aos ferimentos e veio a falecer logo que deu entrada na unidade de saúde. 

O sinistro aconteceu por volta das 20h deste sábado (27). O garoto chegou ao hospital acompanhado dos pais e uma pessoa que prestou socorro.

Fonte: Netcina

CANDIDATOS AO GOVERNO: Municípios pequenos ficam de fora da agenda

Municípios pequenos como Ipaumirim, com pouco mais de nove mil eleitores, não foram visitados por Camilo Santana e Eunício Oliveira (FOTO: HONÓRIO BARBOSA).
Enquanto os maiores colégios eleitorais do Estado foram aproveitados como palco para a passagem dos quatro candidatos ao Governo Estadual, recebendo visitas dos postulantes no mesmo dia, os moradores de Ibicuitinga, Palhano, Martinópole e de outros municípios com menor número de eleitores viram apenas de longe os concorrentes no processo de sucessão estadual.

O curto período de campanha e a necessidade de cada candidato em buscar apoio em espaços de maior força eleitoral no pleito motivaram as coordenações dos dois representantes na disputa que mais destinaram tempo à realização de viagens, Camilo Santana (PT) e Eunício Oliveira (PMDB), a deixar alguns municípios de lado na intensa agenda de peregrinações ao Interior.

Camilo Santana, mesmo participando de atividades em até seis municípios num único dia, deixou de visitar 20 cidades da Região Noroeste. A soma do eleitorado das áreas que o petista ignorou na programação é quase igual ao número de eleitores dos seis maiores colégios eleitorais da mesorregião.

Com cerca de 120 mil pessoas aptas a votar, Sobral tem metade do número de eleitores dos 20 municípios que Camilo deixou de ir. Não entraram na lista do petista Mucambo (12,5 mil), Frecheirinha (11 mil), Meruoca (10,5 mil), Martinópole (8,8 mil), Moraújo (6,8 mil), Pacujá (5,6 mil) e Senador Sá (5,4 mil).

Eunício Oliveira seguiu ritmo menos intenso nas viagens. Na Região Noroeste, deixou de ir a 30 municípios, mas não esqueceu as áreas estratégicas. Assim como Camilo Santana, o peemedebista percorreu os menores colégios eleitorais da mesorregião, apesar de visitar cinco cidades em que o petista não esteve.

A lista de municípios na Região Norte não visitados por Camilo e Eunício revela o retrato registrado na Região Noroeste. Apesar de o petista não ter passado por Beberibe (40,8 mil) e Redenção (24 mil), as demais cidades ignoradas no cronograma executado até agora são compostas por um reduzido eleitorado.

Na Região Norte, Camilo não foi a 12 municípios, enquanto Eunício não esteve em 26. Os pequenos colégios eleitorais que não foram visitados pelos dois são Tururu (12,7 mil), Apuiarés (12,1 mil), São Luís do Curu (11,5 mil), Pacoti (10,4 mil), Paramoti (10,2 mil), Palmácia (8,5 mil) e Guaramiranga (5,4 mil).

Na Região dos Sertões, Camilo deixou de ir a 7 municípios e Eunício a 18 cidades. Ambos não foram a Madalena (13,4 mil), Ibaretama (11,2 mil) e Deputado Irapuan Pinheiro (6,8 mil).

Na Região Centro-Sul, Camilo Santana não foi a 3 municípios e Eunício a 10. Eles ignoraram Ipaumirim (9,2 mil), Umari (6,3 mil), Baixio (5,3 mil). Na Região Sul, os dois não visitaram Missão Velha (28,1 mil), Jardim (22,2 mil), Araripe (17,3 mil), Porteiras (13,4 mil), Penaforte (6,8 mil) e Altaneira (5,9 mil).

Na Região do Jaguaribe, Camilo Santana deixou de visitar 4 municípios e Eunício Oliveira não esteve em 14. Eles não fizeram atividades de campanha em Ibicuitinga (11,7 mil), Palhano (8,1 mil), Itaiçaba (6,2 mil) e Potiretama (5,1 mil).


 Fonte: Diário do Nordeste

ELEIÇÕES 2014: Candidatos ao Governo trocam farpas durante debate na TV Diário

Insultos foram trocados pelos candidatos durante o debate
FOTO: ERIKA FONSECA
Os candidatos que disputam o Governo do Estado trocaram farpas no debate promovido pela TV Diário na noite deste domingo (28), a uma semana das eleições. O principal tema que envolveu o bate boca entre Ailton Lopes (PSOL), Camilo Santana (PT), Eliane Novais (PSB) e Eunício Oliveira (PMDB) foi o envolvimento do candidato do PT no chamado'escândalo dos banheiros', esquema de desvio de recursos da Secretaria das Cidades, do Governo do Estado, para a construção de kits sanitários.


O espaço, de quase 2h, que serviu para a apresentação de propostas de gestão dos candidatos, foi usado, em diversos momentos, para ataques pessoais entre os postulantes ao Governo. Camilo disse estar "indignado" com a postura de Eunício, que, segundo o candidato do PT, estaria usando o espaço de propaganda eleitoral na televisão para atacá-lo "levianamente", acusando-o de estar envolvido no 'escândalo dos banheiros'. "O problema aconteceu em junho de 2010, e eu assumi a pasta em janeiro de 2011", disparou Camilo, acusando, em contrapartida, os então aliados de Eunício - Teo e Teodorico Menezes - de estarem envolvidos no esquema.
Saúde e infraestrutura em pauta
Questionado sobre o que faria para melhorar a situação da saúde, o candidato do PMDB disse reconhecer o investimento do governo atual na construção de ferramentas, mas apontou a falta de profissionais nas unidades de saúde como o motivo pelos quais a saúde está precarizada. "Foram feitos hospitais, mas não colocaram gente para fazer esses hospitais funcionarem", disparou, criticando a atual gestão. Eunício prometeu contratar 12 mil profissionais de saúde por meio de concurso público. 
Pontuando as milhares de pessoas que tiveram problemas de saúde em 2013 devido à contaminação das águas no Interior, Ailton Lopes perguntou a Eunício sobre o que ele faria para melhorar a situação da convivência com a seca fora da Capital. "Água boa é só para o povo rico? Para o povo pobre é só contaminada?", questionou o candidato do PSOL ao peemedebista, que prometeu perfurar 3 mil poços no Interior caso seja eleito.
Ainda sobre infraestrutura, Eliane respondeu às perguntas afirmando que implantar projetos de pavimentação permanente nas rodovias do Estado, universalizar a água e tratar 100% do esgoto do Estado, além de construir 5 mil poços, 2 mil a mais do que prometeu Eunício, no Interior. 

Fonte: Diário do Nordeste 

SOBRAL-CE: INCÊNDIO DE GRANDES PROPORÇÕES ATINGE A LOJA MUCAMBO PLÁSTICO NO CENTRO DA CIDADE



Na noite deste sábado na cidade de Sobral, por volta das 22h, um incêndio de grandes proporções atingiu uma loja de descartáveis no centro da cidade, com localização na Rua Diogo Gomes, próximo ao mercado central.

A loja denominada Mucambo Plásticos trabalha com material descartável e materiais para festas. Ainda não se sabe o que aconteceu, haja vista o incêndio ter ocorrido no fim da noite, quando a loja já se encontrava fechada, mas a primeira suspeita é de curto-circuito.

Devido a dimensão do fogo, e a facilidade do mesmo se expandir, haja visto a maior parte do material no interior da loja ser plástico, que é um material fácil de incendiar, o fogo atingiu a estrutura do prédio que não suportou vindo a desabar.




Via Blog Sinhá Saboia
Fotos: Gleison Torres

'A MENTIRA CONTINUA' :Cid não consegue explicar relação com Paulo Roberto Costa, aponta ISTOÉ

Revista prova que não manipulou imagens e afirma que a negação, até diante de fatos, “é artifício comum aos políticos flagrados em malfeitos”.
Cid Gomes (Pros), figura, pela terceira semana consecutiva, nas páginas da revista ISTOÉ. O destaque, mais uma vez, é pouco é pouco lisonjeiro para o governador cearense. Na edição desta semana, que chega às bancas amanhã (28), a revista afirma que “a mentira continua”, pois Cid segue sem conseguir explicar sua relação com o ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa.

“Fizeram uma edição da foto. Cortam uma foto de uma reunião de 2008, na qual apareço junto a vários diretores da Petrobras e minha equipe, e me mostram ao lado do funcionário. Isso é brincadeira! Não tenho relação com esse senhor”, afirmou o governador, na última terça-feira (23), para justificar o histórico de encontros entre o governador e o ex-diretor, divulgado, há uma semana, pela ISTOÉ.

Para provar que não “adulterou” a imagem, o semanário apresenta outro ângulo da foto, que, de fato, mostra Paulo Roberto Costa à direita de Cid Gomes. “A revista ISTOÉ não manipula fotos. De maneira alguma. Como se pode ver na foto acima sob um novo ângulo, sem qualquer edição ou corte, o governador estava ao lado de Paulo Roberto Costa numa reunião ocorrida no dia 10 de junho de 2008, no Palácio de Iracema, destinada a tratar da construção da refinaria Premium II, no Ceará. Há outros diretores da Petrobras na imagem, mas em nenhum momento ISTOÉ afirmou que Cid Gomes estava sozinho com Costa no encontro”, argumenta a revista.

Ainda na matéria desta semana, a revista volta a reforçar que a reunião que a foto ilustra foi apenas o primeiro de pelo menos oito encontros entre Cid – ou integrantes do governo do Ceará – com Costa entre junho de 2008 e janeiro de 2014, dois meses antes de o ex-diretor da Petrobras ser preso.

Por fim, a ISTOÉ elenca a sequencia que chama de “toada de inverdades” apresentadas pelo governador cearense e aponta que o recurso da negação, mesmo diante de fatos, “é artifício comum aos políticos flagrados em malfeitos”, que vão adaptando versões conforme novas evidencias vão aparecendo.

“Cid Gomes já negou ter visto e se encontrado com o delator. Em seguida, refez a declaração, dizendo que as reuniões eram “apenas institucionais”, o que também não é verdade, já que encontros ocorreram mesmo depois de Paulo Roberto Costa ter deixado a Petrobras. As mentiras continuam”, finalizou a revista.

Histórico
Há 15 dias, o governador do Ceará, Cid Gomes, recorreu e conseguiu na Justiça de Fortaleza censurar a edição da revista ISTOÉ que circularia no fim de semana. A publicação dizia que Gomes estaria entre os políticos acusados pelo ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa de participar de um esquema de corrupção na estatal. Graças a uma decisão do ministro Luis Roberto Barroso, do STF, a liminar foi derrubada e aos leitores foi permitido o livre acesso à informação. Na semana passada, a revista apresentou a cronologia dos encontros entre o governador e o ex-diretor. À revista, Cid voltou a negar a relação com Costa e afirmou que as imagens apresentadas foram “adulteradas”.

Leia a matéria da revista ISTOÉ no link: A mentira continua


* Com informações da revista ISTOÉ.
Via Ceará News 7